Artesãs de lã do Alto Camaquã farão exposição na Assembleia Legislativa do RS

Artesãs de lã do Alto Camaquã farão exposição na Assembleia Legislativa do RS

Ocorrerá na semana entre 27 de junho e 1º de julho de 2022, na Assembleia Legislativa do RS, uma exposição de artesãs de lã do Alto Camaquã. A articulação do evento foi feita pelo deputado estadual Luiz Fernando Mainardi (PT), em reunião com artesãs da região na última sexta-feira (06).

No encontro, estiveram as presidentes da Associação para Grandeza e União de Palmas (AGRUPA) e da cooperativa CooperAlto Camaquã, Vera Colares e Débora Schneid, respectivamente, além das associadas das entidades, Soraya Malafaia Colares, Leonora Vernieri, Clair Schneid e Marcia Colares, e do presidente do PT de Bagé, Paulo Parera.

Parlamentar ligado às pautas da ovinocultura, Mainardi afirma que esta exposição é um primeiro movimento de uma série políticas na promoção da lã ovina no estado. “Nosso objetivo é que os artesãos tenham seus produtos expostos e comercializados nos principais eventos da calendário do Rio Grande do Sul, com desfiles, oficinas e concursos, desenvolvendo e expandindo este setor”, afirmou Mainardi.

Vera Colares, presidente da Associação para Grandeza e União de Palmas (AGRUPA), reitera a importância do evento. “Temos uma riqueza de peças que carregam as tradições do estado, que merecem ser conhecidas e divulgadas. Nosso setor é tocado por maioria de mulheres, que promovem a cadeia da ovinocultura”, concluiu.

Além da AGRUPA e CooperAlto Camaquã, também serão convidados ao evento representantes da ARCO, ABACO, ABCOC, ADAC, FGTAS, Tejupá, COOTEGAL, Mauá, COOFITEC, Paramount, Emater, dentre outras entidades ligadas ao setor da lã e ovinocultura.

Semana da Moda em Lã

Próximo de ser sancionado, o Projeto de Lei 255 de 2021, de autoria do deputado Mainardi, institui no estado a Semana da Moda em Lã do Rio Grande do Sul no calendário oficial de eventos do estado, cujo objetivo é fortalecer e dar visibilidade à cadeia local de produção relacionada à lã no estado, promovendo desenvolvimento econômico, de emprego e renda, incentivo ao turismo, às indústrias criativas, ao consumo e exportação dos produtos artesanais gaúchos.

Fundovinos

Também de autoria do deputado Mainardi e sancionado no início de abril, o Projeto de Lei 72/2017, que altera o Fundo de Desenvolvimento da Ovinocultura do Estado (Fundovinos), autoriza a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) a celebrar parceria com entidade representativa da cadeia produtiva da ovinocultura, que administrará os recursos do fundo e poderão investir em eventos que promovam a produção e o consumo de carne, da lã e derivados de ovinos.

Campo Cidades Comunidade