CTG Prenda Minha homenageia mulheres que se destacam em suas profissões

CTG Prenda Minha homenageia mulheres que se destacam em suas profissões

A figura da mulher se fez presente na história da humanidade através dos bastidores, sendo representada por títulos como esposas, irmãs e mães, entretanto, na realidade, são personagens grandiosos demais para assumir apenas uma posição, ou seja, mesmo sendo associadas à imagem materna, de esposa e entre outras personagens na vida de terceiros, são, antes de tudo, mulheres que fizeram e fazem suas próprias histórias, com suas próprias conquistas e que assumem o papel principal de obra titulada como vida. O CTG Prenda Minha realizou na sede da entidade tradicionalista um evento em homenagens as mulheres que se destacam no tradicionalismo e em sua profissões.

São elas:

Adriana Conde

Formada em Técnico em Estética em 2016, possui especializações em vários tratamentos corporais. É manicure a mais de 13 anos e atualmente trabalha em seu espaço próprio. Mãe da Eduarda de 26 anos e da Isadora de 15, participa do Movimento Tradicionalista Gaúcho há quatro anos, sempre presente representando a entidade que hoje homenageia sua força e personalidade feminina.

Arlete Vaz

Funcionária Pública aposentada é formada em Letras desde 1978. Licenciada em Língua Portuguesa, Inglês e Literatura, tem pós-graduação em alfabetização. No ano de 1993, também se graduou em Direito. Casada e mãe de dois filhos é tradicionalista ativa desde 1987, sendo fundadora do Grupo de Artes Nativas Campo Aberto, onde exerceu a função de capataz das invernadas Mirim e Adulta.

Também é fundadora do Grupo de Arte e Pesquisa Gaúcha Tarcísio Taborda em 1998, onde foi patroa até 2005. Em 2009 assumiu o cargo de Diretora Artística do Grupo Pampa e Minuano. Nos anos de 2011 a 2015 ocupou o cargo de patroa da entidade tradicionalista. Em 2017, assumiu o cargo que exerce até hoje, de Agregado das Leis no GAN Campo Aberto. Relata que sua história é uma longa caminhada de amor e trabalho pela nossa cultura.

Caren Castêncio

Casada e mãe de três filhas: Camila, Bruna e Laura é professora há mais de 25 anos foi supervisora de escola, coordenadora do Projeto de Ações Educativas Complementares Rodarte, coordenadora Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, coordenadora do Gabinete de Relações Comunitárias da Prefeitura de Bagé e Secretária Municipal de Educação.

Hoje é professora da pré-escola da Escola Telmo Candiota e Vereadora de Bagé, sendo a primeira mulher negra eleita no município.

Carla Jaqueline Taborda

Enfermeira concursada pela Prefeitura de Bagé no ano de 2006, trabalha na UTI da Santa Casa desde 2013, onde foi linha de frente contra a Covid-19 durante esses dois anos de pandemia. Atualmente é acadêmica de geografia pela Uni pampa. O CTG Prenda Minha agradece a bravura e trabalho desempenhado por Carla a saúde de nós bajeense.

Carolina Ribas

Graduada em história pela Urcamp, atua como Microempresária. Sua trajetória tradicionalista é marcada pela invernada cultural, foi prenda adulta do Grupo de Artes Nativas Campo Aberto e da 18ª Região Tradicionalista. Hoje representa o CTG Pampa e Minuano e o cargo de 1ª Prenda do Rio Grande do Sul.

Elaine dos Santos

Filha de Adão e Hilda Rodrigues, se casou aos 20 anos. Junto ao seu esposo iniciou seu trabalho no comércio, abrindo em 1989 sua primeira loja. Trabalhadores há mais de 30 anos no comércio, superam todos os obstáculos com Deus sendo sua bússola nos caminhos que trilham. Elaine afirma que sua meta sempre será trabalhar bastante, desanimar jamais e cada dia vencer os desafios da vida.

Elza do Couto

Começou sua trajetória tradicionalista nos anos de 1987 no CTG Tropeiro Velho, fazendo parte da invernada campeira junto ao seu marido. Organizou a 1ª e 2ª Festa Campeira da sua entidade.

Fundou com seu marido em 19 do sete de 1993 o Piquete Potro Sem Dono, com o lema: Amor e Dedicação pelas coisas da tradição. Participou da fundação da Associação de Cavaleiros Rainha da Fronteira em 2004, com o cargo de Secretária, e logo após assumindo o cargo de Conselheira Fiscal.

Fez parte da Associação de Amigos do Parque do Gaúcho, também como Conselheira Fiscal e hoje é patroa do PTG Potro Sem Dono. Deixa como mensagem: Que eu não perca a vontade de ser grande mesmo que o mundo seja tão pequeno.

Faustina Campos

Natural de Bagé, é funcionária pública concursada, ocupa o cargo de assistente cultural no município de Bagé. Sempre participou da Cultura gaúcha através da área campeira, no auxílio de festas campeiras e das entidades tradicionalista. Participou ativamente da organização de quatro desfiles o 20 de Setembro no município e nos oito meses como coordenadora de Tradicionalismo e Folclore possibilitou, que pela primeira vez em Bagé, acontece o acendimento e distribuição regional da Chama Crioula.

Ione Barcelos

Conhecida como Tia Ione, é formada em pedagogia e pós-graduada em orientação e supervisão de escola, é professora na Escola Peri Coronel há 15 anos. Foi posteira da invernada mirim do CTG Prenda Minha por 17 anos. Também foi a criadora da invernada pré-mirim da entidade que hoje homenageia sua trajetória tradicionalista que enriquece até os dias de hoje O CTG Prenda Minha.

Jéssica Villar

Cursando o último semestre de psicologia da Urcamp, foi Prenda Mirim do CTG Prenda Minha, da 18ª Região Tradicionalista e do município de Bagé. Prenda juvenil da entidade, da 18ª Região Tradicionalista e do Rio Grande do Sul na gestão de 2015 /2016. Foi integrante das invernadas artísticas mirim, juvenil e adulta do Prenda Minha. Atuou como Diretora Cultural da entidade e hoje faz parte do Grupo folclórico Anita Garibaldi.

Josiane Milano

Formada no curso de Magistério da Escola Justino Quintana. É graduada em Pedagogia pela Universidade da Região da Campanha (Urcamp), especialista em Direito Educacional e Gestão Escolar pela Faculdade Venda Nova do Imigrante (Faveni). É professora e, atualmente, exerce a função de diretora da Escola Municipal de Educação Infantil Professora Iria de Jesus Machado.

No intuito de divulgar e enfatizar o legado histórico da Emei Iria, idealizou e dirigiu o documentário “Identidade e Memória – a EMEI Iria conta sua História”, que traz a trajetória da professora portuguesa Iria de Jesus Pereira Machado.

Júlia Graziela Azambuja

Campeã de vários rodeios, entre eles o rodeio internacional de Vacarias, Passo Fundo, Imbé e Semana Crioula de Bagé. foi Campeã do Enart no Jubileu de prata 25 anos em 2010.

Participa da política desde 1995 em diversas cidades, entre elas Bagé, Candiota e Dom Pedrito.

É reconhecida no tradicionalismo pelo seu talento na declamação e no auxilio artístico com as prendas e peões.

Loraine Machado

É cantora, iniciou sua trajetória na música através do instituto municipal de belas artes de Bagé (IMBA). Participou de diversos festivais tradicionalistas obtendo premiações em 32 destes. Foi premiada no ENART como solista vocal e conjunto vocal representando o CTG Prenda Minha.

É Fonoaudióloga pelo instituto porto alegrense, especialista em voz pelo instituto Lígia Mota, especialista em redes de atenção à saúde pela escola nacional de saúde pública. É mestranda em Ensino na Saúde pela UFRGS e atua na coordenação do programa Saúde da Pessoa com Deficiência e na Vigilância em Saúde Auditiva e Vocal do trabalhador na 7ª coordenadoria regional de saúde do Rio Grande do Sul em Bagé.

Márcia Mello

Formada em Filosofia e letras, exerceu magistério público e particular, durante 30 anos, onde lecionou Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Possui pós-graduação em Métodos Educativos para juventude.

É fundadora da Pastoral universitária de Bagé, como estudante, escritora e poetisa. É mentora e criadora da Associação Bajeense de Escritores Independentes e Movimento dos Escritores Bajeenses (MEB), além de ser patrona da 19ª Feira do Livro de Bagé.

Margarete Gusmão

Empresária a mais de 30 anos, frequenta o CTG Prenda Minha há mais de 20 anos. Dentro do CTG, o que mais gosta é a parte artística, relacionada as danças tradicionais. Casada com Aroldo Peres Gusmão, possui dois filhos Victor e Heitor Gusmão. Margarete relata que desta época ficam as lembranças boas, que resultaram em amigos para a vida toda, crianças que hoje são adultos e amigos.

 Mariel Rodrigues

Comerciante, abriu sua primeira loja aos 19 anos, onde aprendeu na prática como administrar seu empreendimento. Começou com a venda de semi-joias e bijuterias, e no final de 2016 se aprofundou no comércio da moda. Neste ano completa cinco anos da sua loja Mariel Look and Style, trazendo tendências com pitadas de amor próprio pra elevar a autoestima das suas clientes.

Roberta Jacinto

Formada em Direito pela FURG, foi Prenda Mirim da Semana Farroupilha de Bagé , Prenda Juvenil do CTG Prenda Minha, da Semana Farroupilha de Bagé e da 18ª Região Tradicionalista. Também foi Prenda Adulta do CTG Prenda Minha, da 18ª Região Tradicionalista e do Rio Grande do Sul na gestão de 2016/2017. Atuou como Diretora de Concursos e Vice-Presidente de Cultura do MTG. E declara, perto ou longe do pago, sempre, Prenda Minha!

Roselaine Pires

Artesã, é casado com Cleomar Franco, onde juntos comanda a atual patronagem do CTG Prenda Minha. É mãe de Kaina e Ramoelc Franco e hoje recebe está homenagem pela mulher simples e fraterna, na força e dignidade que ostenta. Amada pelas crianças e admirada por todos que a conhecem.

Ruth Franco

Nascida e criada nas Palmas, onde vive até hoje, é casada há 58 anos Mãe da Ana Beatriz, Daniel, Nelson, Cleomar, André e Antônio Marcos, é aposentada funcionária pública aposentada e pecuarista.

Organiza anualmente o Natal Rural para as crianças e faz parte da Associação de Produtores de Palmas e Joca Tavares como Primeira Secretária. E respira grata e com orgulho de todos os seus filhos estarem encaminhados!

Campo Comunidade