Escola Técnica Agrícola baseada na pedagogia da alternância

Escola Técnica Agrícola baseada na pedagogia da alternância

Na manhã da última terça-feira (12), a Comissão da Educação recebeu membros do Cideja – Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental dos municípios da Bacia do Rio Jaguarão, composto por Aceguá, Candiota e Hulha Negra.

Na ocasião, os membros trouxeram o projeto de escola técnica baseado na pedagogia da alternância, que busca a interação entre o estudante o qual vive no campo e a realidade que ele vivencia no seu cotidiano, para residentes de regiões rurais.

O convite que fora feito pelo Vereador Caio Ferreira (PDT), estendeu-se aos vereadores Diego Rodrigues (PP), de Hulha Negra, Viviane Veca (PP), de Pedras Altas, ao coordenador pedagógico do projeto na região, Alex Perleberg, e a ex-vereadora de Aceguá pelo MBD, Lisiane Brasil Jardim.

Durante o encontro, os convidados destacaram a importância de que exista o apoio do município de Bagé na implementação do projeto na região.

Para a vereadora Beatriz Souza (PSB), a articulação política regional é de extrema importância para o desenvolvimento econômico e especialmente para a preservação ambiental de determinada região. “Seremos parceiros para efetivar esta escola que irá gerar conhecimento e qualificação de mão de obra para a região”, afirmou.

De acordo com Cáren Castêncio (PT), que é a presidenta da Comissão, a utilização da pedagogia da alternância possibilita com que existam avanços pedagógicos significativos para aqueles os quais são contemplados por ela. “A constante troca de experiências, propiciada por esse método pedagógico, é extremamente relevante para toda a comunidade escolar na qual ela é aplicada”, pontuou.
A previsão é que nos próximos meses existam novos encontros para a discussão acerca do assunto.

+Política Cidades Comunidade