Estado lança Operação RS Verão Total 2022

Estado lança Operação RS Verão Total 2022

Com a chegada do verão e das férias, o litoral do Rio Grande do Sul passa a ser o local mais desejado pelos gaúchos. Para que a nova estação possa ser aproveitada de forma segura, uma força-tarefa, chamada Operação RS Verão Total, é formada pelo governo do Estado. Lançada neste domingo (19/12), na avenida Beira-Mar, em Capão da Canoa, o propósito do projeto é ampliar os serviços prestados à população. Toda a parte da coordenação executiva das ações é de responsabilidade do Gabinete do Vice-Governador.

Até 6 de março de 2022, moradores e turistas do litoral poderão contar com guarda-vidas, mais policiamento, operações de trânsito, como a Balada Segura, ações de acessibilidade, a exemplo do Praia Acessível, monitoramento da qualidade das águas e investimentos pontuais na rede de saúde dos municípios.

Abrindo a temporada, o governador Eduardo Leite falou sobre o trabalho de preparação para o litoral de todo o Estado, incluindo águas internas e Costa Doce. “Temos a preocupação de trazer a estrutura reforçada do Estado para todo o litoral, para que os veranistas possam aproveitar a temporada de verão com segurança, conforto e tranquilidade. Embora os números de internações e de novos casos de coronavírus estejam caindo de forma consistente e estejamos em um momento melhor, é importante que os cuidados se mantenham para que tenhamos um verão seguro também do ponto de vista sanitário. Além de segurança, a estrutura de saúde no litoral recebeu reforço em parceria com os municípios. Estamos preparados para ter um grande verão”, disse Leite.

51756857741 a5ab9d40ed k
Leite na abertura da Operação ao lado do vice Ranolfo, do presidente da AL, Gabriel Souza, e do prefeito Amauri Germano (E) – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, destacou a integração das secretarias para garantir a ampliação dos serviços nas praias. “São mais de 30 secretarias, órgãos e entidades envolvidos para potencializar as ações do Estado no litoral. Segurança, saúde, turismo, transportes e tudo que é necessário para que o gaúcho que vier seja bem atendido”, detalhou Ranolfo.

O vice-governador lembrou ainda dos R$ 280 milhões que estão sendo investidos na Segurança Pública por meio do programa Avançar já são realidade em novos equipamentos e em melhorias nas estruturas das vinculadas da pasta.

“Este, inclusive, é o último verão em que será preciso utilizar o helicóptero da Brigada Militar, porque já está autorizada a compra de um helicóptero para o Corpo de Bombeiros, entre outros investimentos”, acrescentou o governador Leite.

51756137102 e7dc86ab24 k
Leite e Ranolfo acompanharam ação da Faders: cadeiras anfíbias ajudam pessoas com dificuldade de mobilidade a entrarem no mar – Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

O sol estava tímido e a temperatura amena no início do lançamento da Operação RS Verão Total. Por volta das 11h, o sol apareceu com força, justamente durante um momento especial. O governador Leite foi até a faixa de areia para participar da entrega de cadeiras anfíbias, promovida pela Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades (Faders), para garantir mais acessibilidade e inclusão a veranistas com deficiências (veja abaixo mais informações sobre essa ação da Faders).

Melhoria na infraestrutura rodoviária

Ainda durante o evento, o governador assinou três convênios para a realização de obras de qualificação da infraestrutura rodoviária no litoral. Além de duplicação da ERS-407 no acesso a Capão da Canoa, serão pavimentados trechos em Riozinho e Maquiné, com investimento total de R$ 8,2 milhões.

O secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, lembrou que essas intervenções eram muito aguardadas e que “o investimento vai trazer mais desenvolvimento para a região e melhorar a vida dos moradores e veranistas”.

Também participaram do evento secretários de Estado, o presidente da Assembleia, deputado Gabriel Souza, deputados estaduais e o prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano. O secretário estadual do Turismo, Ronaldo Santini, falou sobre o Viva RS, site com informações, roteiros e opções de lazer, turismo e gastronomia pelo RS (veja mais informações abaixo). A plataforma traz uma série de dicas para serem exploradas no litoral.” Queremos mostrar que o nosso litoral pode ser turístico o ano inteiro e que são muito as possibilidades”, disse Santini.

Estruturas ampliadas no litoral, Serra, Costa Doce e fronteiras

Entre efetivos do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS), da Brigada Militar (BM), da Polícia Civil (PC), do Instituto-Geral de Perícias (IGP) e do Departamento Estadual de Trânsito (DetranRS), mais de 5,5 mil servidores, com a utilização de 1.147 viaturas, irão reforçar as ações de policiamento, fiscalização, salvamento e prevenção em todo o litoral. A presença também estará ampliada na Serra, na Costa Doce e nas fronteiras.

O CBMRS terá efetivo de 1.407 servidores. Com treinamentos realizados entre novembro e a primeira quinzena de dezembro, a corporação formou 411 guarda-vidas civis temporários que se somarão aos 539 militares da corporação (373) e da BM (166), num total de 950 agentes que atuarão em vigilância e salvamento em praias de mar e águas abrigadas, como rios e lagos. Outros 52 bombeiros trabalharão na prevenção e combate a incêndios, resgate em rodovias, reforço operacional, serviço administrativo e projetos sociais. Completam a soma 405 bombeiros militares do efetivo orgânico das localidades de atuação da Operação RS Verão Total.

Além das bandeiras tradicionais, localizadas acima das guaritas para indicar as condições das ondas, também serão afixadas flâmulas perto da água, demarcando a área mais segura para banho nas proximidades dos postos de salvamento. Em parceria com os municípios, foram preparados 275 postos de salvamento (guaritas) para a atuação dos guarda-vidas.

Serão 209 pontos no Litoral Norte, 30 no Litoral Sul e 36 em águas internas. O CBMRS vai utilizar ainda oito motonáuticas e 20 quadriciclos para patrulhamento na praia, ampliando a cobertura de vigilância, e fará a distribuição de folders, cartilhas e leques com instruções e cuidados para os banhistas, bem como pulseiras de identificação para crianças.

 

51756857386 c4d3f60683 k
Vinte quadriciclos para patrulhamento em praias e oito motonáuticas para circulação nas águas – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

A BM terá a participação dos policiais instrutores do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), que irão desenvolver atividades de prevenção ao uso de drogas e a promoção à qualidade de vida. As atividades ocorrem nas seis Bases Móveis Comunitárias instaladas nas orlas de Torres, Capão da Canoa, Xangri-lá, Tramandaí, Cidreira e Cassino. O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) estará nas praias com a Escolinha de Trânsito itinerante, que atenderá todo litoral, acolhendo uma média de 100 crianças por dia, ensinando de forma lúdica os cuidados em ruas e estradas.

 

Além dos efetivos orgânicos do Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) do litoral, do CRPO do Sul, do Comando Ambiental (CABM) e do CRBM – numa soma de 1.401 policiais militares –, a Brigada vai suplementar a atuação com brigadianos do interior e capital. Com isso, serão mais 1.080 PMs na Operação RS Verão Total ao longo de todo o período, num total de 2.481 servidores nas atividades de policiamento ostensivo.

 

51756033887 96d13defe2 k
Brigada Militar vai suplementar atuação com policiais do interior e da capital – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

Na Polícia Civil, ao lado dos 504 policiais que compõem o efetivo orgânicos das regiões, 948 servidores entre delegados e agentes foram destacados para reforçar a atuação no Litoral Norte, Litoral Sul, Costa Doce, Serra e municípios fronteiriços. Os policiais civis também irão realizar uma série de atividades educativas e de promoção à saúde e à qualidade de vida dos veranistas durante o período da Operação. Serão organizadas rústica infantil, circuito de palestras com equipe multidisciplinar do projeto Papo de Responsa e oficinas de educação para o trânsito, com minibuggys da Polícia Civil, entre outras programações.

 

O IGP também vai qualificar os serviços no litoral com medico-legistas, técnicos em perícia, peritos criminais, papiloscopista e fotógrafos, num acréscimo de cem servidores ao efetivo local de 25 profissionais, para atender 24 horas os locais de crimes e perícia em veículos. Os postos de identificação estarão reforçados para acelerar a confecção de carteiras de identidade.

Para as ações preventivas de trânsito, o DetranRS contará com 24 servidores que irão ampliar a atuação no litoral. Serão organizadas blitze nas noites e madrugadas de terça a domingo, até o fim da Operação. O órgão fará também as tradicionais campanhas de conscientização, com distribuição de cartilhas e adesivos e veiculação de publicidade.

Haverá ainda nove servidores do Departamento de Comando e Controle Integrado (DCCI) da Secretaria da Segurança Pública (SSP) para dar apoio nas atividades de videomonitoramento. As agendas da programação das atividades proporcionadas pelas das forças de segurança serão divulgadas ao longo da Operação RS Verão Total.

Em Capão da Canoa, o governador aproveitou para visitar as novas instalações da Delegacia de Polícia da cidade. O órgão foi transferido para o prédio em que funcionava o antigo Foro do município.

O imóvel cedido à Polícia Civil fica no Centro. Com área de 1,45 mil m², em quatro pavimentos, o prédio passou por adaptações e está na fase final da reforma. A inauguração oficial está prevista para janeiro.

Cidades Comunidade Polícia_em_Foco