Manejo dos ovinos é destaque na pecuária familiar

Manejo dos ovinos é destaque na pecuária familiar

O manejo básico dos ovinos, com foco nas instalações e outros aspectos relacionados à atividade, está sendo apresentado ao público visitante do Espaço Casa da Emater na Expoagro Afubra, na parcela da pecuária familiar.

No local, o extensionista da Emater/RS-Ascar, Bruno Flores, comenta sobre as aptidões das raças – corte ou lã, e demonstra instalações adaptadas para o agricultor familiar na pequena propriedade, de forma que uma ou duas pessoas consigam fazer o manejo de maneira correta, sem estresse para o animal e o produtor. “São instalações com uma mangueira circular, sistema tipo relógio, um brete com tronco adaptado pra ovelha, dimensionamento de piquete, sombreamento”, explica. Há também uma mesa móvel que facilita mobilizar o animal para o manejo, sem gerar dor ou desconforto para o produtor; além de um bebedouro móvel. São tecnologias simples, mas fundamentais para o manejo.

“A gente também tenta incentivar a consorciação pecuária e floresta, que além de sombreamento para os animais, possibilita a exploração da madeira ou das frutas, como no caso da nogueira, para ter uma rentabilidade maior no futuro”, diz Flores.

A Emater/RS-Ascar disponibiliza ainda aos produtores de ovinos um calendário anual de manejo, com sugestões de épocas para eles fazerem o seu planejamento, seja da seleção dos animais antes de encarneirar, limpeza pré-parto, nascimento dos cordeiros, castração, descola, desmame dos cordeiros, aparamento dos cascos ou controle de verminoses. “É um diário do produtor. Na pequena propriedade ele tem que fazer a gestão do seu negócio, então é um controle do rebanho para organização anual”, salienta.

O manejo das pastagens, como o melhoramento do campo nativo, além do manejo sanitário – verminose e outros tipos de problemas, também são esclarecidos nesta parcela.

Campo Cidades Comunidade