Polícia Ambiental retoma operações de fiscalização na barragem da  UTE Pampa Sul

Polícia Ambiental retoma operações de fiscalização na barragem da UTE Pampa Sul

Ação tem como objetivo coibir a prática da caça e pesca predatória, configuradas como crime ambiental

A guarnição do 3o Pelotão da Ambiental da Brigada Militar retomou as operações de fiscalização nas áreas do entorno da barragem da UTE Pampa Sul. O objetivo é coibir a prática de crimes ambientais como a caça e a pesca predatórias, principalmente durante o período da piracema, bem como para evitar danos na Área de Preservação Permanente (APP) do reservatório de água, assim como demais delitos ambientais. As ações se deram por água e corredores, através de atividade embarcada e motorizada.


O comandante do 3º Pelotão da Ambiental da Brigada Militar, Tenente Valeriano Alan Jardim de Moraes, destaca que a prática de crimes ambientais pode resultar em multa e até detenção com pena de um a três anos. “É importante que a comunidade se conscientize e pare de acessar áreas impróprias e cometer crimes ambientais e, assim, evite os transtornos de responder criminalmente por suas práticas. Estas ações de fiscalização terão continuidade e deverão ser intensificadas nos próximos meses, principalmente neste período de defeso, quando está
ocorrendo a reprodução dos peixes”, alerta Moraes.
A UTE Pampa Sul reitera o pedido para que pessoas não autorizadas não acessem as áreas do entorno do reservatório da barragem, já que se trata de propriedade privada com atividade específica e fiscalização constante, evitando, assim, problemas com a Polícia Ambiental, se mantendo em segurança e auxiliando na preservação das APPs.
Em caso de denúncias relacionadas com a prática de crimes ambientais, a Polícia Ambiental pode ser acionada pelo telefone (53) 3242-5577. Para dúvidas, sugestões e outros assuntos relacionados com a UTE Pampa Sul, o telefone de
contato é o (53) 3245-4000, em horário comercial.

Cidades Comunidade Polícia_em_Foco