Previdência Social

Previdência Social

Quando decidi criar o “Mate e Cidadania”, com o intuito de levar conhecimento de direitos e serviços para as pessoas, um dos temas que sempre me causou mais interesse em divulgar, foi a previdência social, que é uma conquista da Constituição Federal de 1988.

Mesmo não sendo minha área de atuação na advocacia, entendo que é um dos temas mais importantes, e, para muitos, pouco conhecida, que assegura para todos os trabalhadores que perdem a sua capacidade de laborar, sejam eles rurais, urbanos, idosos, doentes, inválidos ou acidentados, e até para os seus dependentes, o direito a uma quantia financeira mensal.

Por isso, resolvi convidar para falar comigo sobre o tema na live do dia 26, o jornalista e despachante previdenciário, Maurício Campos. Aliás, um dos pontos que poucas pessoas conhecem e de pouca atuação no mercado profissional, haja vista, o nosso convidado ser o único a exercer a profissão em nossa cidade, o despachante previdenciário atua na esfera administrativa, providenciando o encaminhamento dos processos em busca dos serviços do INSS, encerrando sua participação se for necessário a judicialização, quando obrigatoriamente, entra a figura do advogado.

Pois bem! A previdência social, faz parte do plano de seguridade social, que abrange também o acesso a saúde, a assistência social e seguro desemprego, sendo uma importante ferramenta de amparo e desenvolvimento social, todos geridos pelo Instituto Nacional de Seguridade Social, o INSS .

Nesse sentido, um dos direitos que abordamos na live, foi o Benefício de Prestação Continuada, o popular BPC, que garante um salário mínimo, a pessoas que vivam em extrema pobreza, e preencham alguns requisitos, como possuir 65 anos ou mais ou/e possuir alguma deficiência que impeça o desempenho de alguma função que possa lhe dar renda.

Claro que para a manutenção de todos esses serviços, são necessários meios que sustentem a previdência, aonde o financiamento da seguridade social adota o modelo tripartite, um modelo onde os trabalhadores, empresários e o governo, partilham a contribuição para o bem estar de todos.

Na live ainda falamos sobre a previdência dos servidores públicos, que possuem um regime diferenciado, mas também têm direito de estarem abrigados em caso de não poder trabalhar, provisoriamente ou definitivamente.

Outros temas como a reforma da previdência, aposentadorias, contribuição foram tratados na nossa conversa, e o vídeo dessa conversa e de outras, estão a tua disposição na minha página do facebook (Luís Diego Soares) ou pela página do Expresso Pampa.

Era isso, meu amigos! Segunda-feira que vem, às 19h30min, lá no facebook, te espero para mais um Mate e Cidadania, e, quarta-feira, trago aqui no Expresso, uma abordagem resumida do conversado na live.

Um mate e saúde a todos!

Colunista