Vereador de Lavras do Sul solicita inclusão de Libras no currículo escolar

Vereador de Lavras do Sul solicita inclusão de Libras no currículo escolar

O vereador de Lavras do Sul, Neto Viana (PT), encaminhou um pedido ao Executivo da Terra do Ouro para que seja estudada a possibilidade de inclusão da língua de sinais – Libras, no currículo escolar do município.

Viana justificou que a língua de sinais é reconhecida pela Lei nº 10.436/2002 como meio legal de comunicação e expressão pela comunidade surda, sendo obrigatória desde 2005 em todos os cursos de licenciatura, pedagogia e fonoaudiologia, ou seja, é obrigatória na formação de professores. “Expondo isso, solicitamos que seja avaliada a possibilidade de oferta de uma disciplina curricular, que proporcione aos alunos conhecimentos básicos de comunicação pela linguagem de sinais, auxiliando nos processos de trocas entre a comunidade surda e ouvintes. Capacitando os alunos a difusão e a conversação por meio da língua de sinais e proporcionando a inclusão no ambiente escolar”, justificou o vereador.

Cidades Comunidade